O urologista é o médico responsável pelo tratamento dos problemas relacionados ao trato urinário de homens e mulheres. Além disso, é especialista nos cuidados do aparelho genital e reprodutor masculino. Casos como câncer de próstata, tumores nos rins, doenças na bexiga, nos testículos, no pênis, disfunções sexuais e o tratamento de doenças sexualmente transmissíveis fazem parte da rotina deste profissional.

“O médico urologista atende pacientes em consultório, acompanha internações, realiza cirurgias e exames diagnósticos. As doenças incluem infecções, inflamações, tumores, cálculos, incontinência urinária, infertilidade e até mesmo a realização de transplante renal” – Dr. Sander Tessaro, Médico Urologista (CRM/SC 16.006 – RQE 13.373).

Por conta dessas características, a urologia está em constante contato com diversas outras áreas da medicina. Além da formação como médico, todo urologista passa por uma especialização (residência médica) em cirurgia geral e especialização (residência médica) em urologia. São, pelo menos, 11 anos de estudos para tornar-se um médico urologista. 

Check-up periódico

O médico urologista assume um importante papel na realização de exames e check-up para os homens. Em geral, o atendimento periódico é recomendado a partir dos 40 anos de idade. Especialmente para a realização dos exames de detecção do câncer de próstata. Nessa ocasião, o especialista também poderá realizar uma série de outras avaliações de saúde.

“Essa recomendação torna-se ainda mais relevante caso o paciente seja negro ou apresente casos de tumores prostáticos malignos na família. Homens acima de 50 anos devem realizar consultas com o urologista todos os anos” – Dr. Roberto Kinchescki, Médico Urologista (CRM/SC 15.903 – RQE 13.753).

Homens com parentes de primeiro grau com câncer de próstata possuem maior probabilidade genética de desenvolver a doença. Já os homens com descendência negra, de acordo com alguns estudos, tendem a desenvolver o câncer de próstata de forma mais agressiva. No entanto, existem muitos outros problemas de saúde que merecem a atenção do paciente.

Médico urologista e o diagnóstico precoce

Muitos dos problemas de saúde tratados pelo médico urologista só apresentam sintomas nas suas fases mais graves. É o caso dos tumores nos rins, que costumam não dar sinais no início da doença e que tendem a ser detectados apenas com exames.

Dessa forma, é muito importante que homens e mulheres desenvolvam uma relação de proximidade com o médico urologista desde cedo. O ideal é que este especialista seja uma referência nos cuidados de saúde como um todo. 

Mesmo doenças crônicas como diabetes e hipertensão podem ser diagnosticadas pelo médico urologista, que irá encaminhar o paciente para as demais especialidades caso necessário.

“Muitas vezes os homens, especialmente os jovens, acham que está tudo bem, e só procuram ajuda médica na ocorrência de algum sintoma mais grave. Contudo,  problemas para urinar, perda de libido, dificuldades de ereção e ejaculação precoce não podem ser ignorados. Estes sintomas podem surgir em qualquer idade e ser o indício de que algo mais sério precisa ser investigado, como problemas vasculares, por exemplo” –  Dr. Sander Tessaro, Médico Urologista (CRM/SC 16.006 – RQE 13.373).

Dores para urinar, nódulos na região genital, irritações e secreções também devem ser imediatamente avaliadas pelo médico urologista. Quanto antes as causas para tais sintomas forem identificadas, maiores as chances de manter uma boa qualidade de vida.

A sua saúde é o seu bem mais precioso. Consulte regularmente o médico urologista. A equipe do Instituto Catarinense de Urologia e Cirurgia Digestiva (UROCAD) pode lhe ajudar. Conte conosco!

Sobre os autores: 

Dr. Sander Tessaro é urologista em Florianópolis. Especializou-se com referências mundiais em cálculo do trato urinário (rins, ureter e bexiga). É membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia e conta com especialização em Endourologia e Cirurgia Minimamente Invasiva pela Cleveland Clinic, nos Estados Unidos. Sua atuação é pautada pela busca de soluções efetivas aos seus pacientes, atendendo-os de forma humanizada e individual.

Dr. Roberto Kinchescki é graduado em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina. Especializou-se e concluiu residência em Urologia no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Com passagens e atendimento na esfera pública e privada, sua marca é o aprimoramento de técnicas e procedimentos para uma melhor qualidade de vida, sempre em contato com o bem-estar e o contexto humano de cada paciente.