A presença de sangue na urina (hematúria) deve ser sempre investigada. De preferência, por um Médico Urologista. No entanto, apesar da angústia que esse sintoma pode provocar, ele nem sempre é sinal de doenças graves, como o câncer.

Por conceito, quando o paciente consegue perceber o sangue na urina, esse sintoma é chamado de Hematúria Macroscópica. No entanto, quando o sangue só é identificado em exames de laboratório, ele é chamado de Hematúria Microscópica.

Causas de sangue na urina

 As causas podem ser muito variadas. As principais, são:

  • Infecções urinárias: a cistite, especialmente nas mulheres, é a ocorrência infecciosa mais comum. Nestes casos, o sangramento costuma acontecer no fim da micção e pode ser acompanhado de ardência. Outra possibilidade é a infecção do rim. Nestas situações, o sangue apresenta-se misturado desde o início da micção e o quadro pode envolver febre e dor nas costas, por exemplo.
  • Cálculos urinários: é provocada pelo contato dos cálculos com as paredes do trato urinário. No entanto, nesses casos, o sangue na urina geralmente é microscópico e só é detectado em exames de laboratório.
  • Esforço físico: exercícios intensos e extenuantes podem provocar o aparecimento de sangue na urina. No entanto, cabe ao médico investigar as causas e determinar o diagnóstico. Mesmo que o paciente seja um atleta, a hematúria pode ter outra causa e deve ser sempre investigada.
  • Traumatismos: acidentes graves, como os de trânsito, podem provocar alterações na coagulação sanguínea e provocar hematúria.
  • Hiperplasia prostática benigna: A hiperplasia prostática benigna é o crescimento exagerado da próstata. Trata-se de uma doença muito comum entre os homens com mais de 50 anos. Felizmente, ela possui hoje um tratamento moderno e minimamente invasivo: o Greenlight Laser.

Se não for diagnosticada a tempo, a hiperplasia prostática benigna pode prejudicar o sistema urinário masculino gravemente. A bexiga pode perder a capacidade de contração, levando a retenção urinária e como consequência a necessidade de passagem de sonda uretral para esvaziamento da bexiga.

  • Câncer: tumores malignos são sempre motivo de apreensão. O câncer na bexiga tem como um dos primeiros sintomas o sangue na urina. E ele pode acontecer de forma intermitente, com dias ou até semanas de intervalo entre uma ocorrência e outra. Por esse, e por vários outros motivos, o sangue na urina deve ser sempre investigado.

Tumores de próstata, tumores renais e no trato urinário superior também podem provocar sangue na urina.

Procurando ajuda

Após perceber o sangue na urina ou detectar a presença de sangue em exames de urina, o paciente deve procurar ajuda médica. De preferência, de um Médico Urologista. Nestes casos, a primeira providência do especialista será confirmar ou descartar a possibilidade de câncer. 

Para chegar ao diagnóstico, além da anamnese e dos testes clínicos, o médico responsável poderá solicitar exames complementares, como:

  • Ultrassom do aparelho urinário.
  • Qualitativo de urina.
  • Citologia oncótica do sedimento urinário.
  • Tomografia computadorizada ou ressonância magnética.
  • Uretrocistoscopia.

Com todos os exames em mãos, caberá ao médico especialista analisar os dados e definir o tratamento mais adequado.

Como vimos, o sangue na urina pode ter várias causas diferentes. Algumas delas são de simples resolução. Outras, são mais complexas.

Por isso, não deixe para depois. Ao detectar o sangue na urina, procure imediatamente um médico urologista. Os especialistas do UROCAD têm longa experiência profissional e podem ajudar a preservar a sua qualidade de vida. Entre em contato conosco!