A cirurgia robótica (ou cirurgia assistida por robô) permite que o cirurgião realize procedimentos complexos. Tudo isso com mais precisão do que seria possível com técnicas convencionais – como cirurgias abertas ou por corte, por exemplo.

Para isso, o sistema robótico é composto por três elementos principais:

  • Os braços robóticos – nos quais são acoplados a microcâmera e os instrumentais cirúrgicos;
  • Uma central de processamento e criação de imagem;
  • Um console cirúrgico – que permite ao cirurgião controlar os braços robóticos e executar diversos tipos de cirurgia da maneira menos invasiva possível. Esse console oferece uma visão 3D da anatomia do paciente, com aumento de até 10 vezes na imagem em alta definição.

Precisão e delicadeza na cirurgia robótica

Toda a tecnologia envolvida na cirurgia robótica auxilia na precisão e delicadeza do procedimento. Por isso, trouxemos o vídeo abaixo, em que é feita a sutura da casca de uma uva.

O médico no controle

O nome “cirurgia robótica” pode enganar. No entanto, os robôs não realizam cirurgias sozinhos, mas sim proporcionam ao médico uma série de ferramentas avançadas. Assim, através de um painel especial, o cirurgião controla todos os movimentos dos quatro braços robóticos. Os instrumentos se movem como uma mão humana, mas com maior amplitude. 

Procedimento minimamente invasivo

Diferentemente das cirurgias abertas, que necessitam de grandes incisões, a cirurgia robótica é minimamente invasiva. 

Isso porque, nas cirurgias tradicionais, é necessário fazer incisões grandes. Como consequência, o tempo de recuperação e as cicatrizes são maiores. Já na cirurgia robótica, é possível trabalhar com precisão a partir de pequenas incisões na pele do paciente. Elas costumam ter apenas entre 8 a 13 milímetros. 

Através destas pequenas aberturas, com o auxílio dos braços robóticos, é realizado o acesso dos instrumentos. Eles podem se mover de forma segura e precisa, sem tremores fisiológicos.

A câmera acoplada permite ao médico visualizar o campo cirúrgico em 3D. Além disso, ela pode ampliar a imagem em até 10 vezes, com alta definição – o que torna tudo ainda mais seguro.

Vantagens da Cirurgia Robótica

A cirurgia robótica é realizada com sucesso em diversas áreas da medicina, como ginecologia, cirurgia digestiva e a urologia.

Clique aqui e entenda mais sobre a cirurgia robótica na urologia e no tratamento do câncer nos rins.

De forma geral, os benefícios da cirurgia robótica são:

  • Ampliação da imagem do campo cirúrgico por meio de câmera e visualização em 3D. Isso possibilita um reconhecimento ainda mais preciso das estruturas envolvidas no procedimento;
  • Maior amplitude de movimento das pinças e dos braços cirúrgicos, com articulações que possibilitam movimentos impossíveis para as mãos humanas;
  • Movimentos mais finos, delicados e com precisão (sem tremores). Isso permite a dissecção mais delicada das estruturas fundamentais;
  • Redução da dor (a maioria dos pacientes não precisa de medicamentos para controle da dor após a alta);
  • Recuperação pós-operatória mais rápida, com menor tempo de hospitalização;
  • Retorno mais rápido às atividades diárias;
  • Menor perda de sangue, com menor taxa de hemotransfusão.

Cuide da sua saúde e da sua qualidade de vida. Acompanhe regularmente seu médico e, em caso de dúvidas, solicite mais informações sobre o uso da cirurgia robótica. Se precisar de ajuda, entre em contato conosco. Os profissionais do UROCAD podem lhe ajudar.